Creation year

2009

18 record(s)
 
Type of resources
Available actions
Topics
Categories
Keywords
Contact for the resource
Provided by
Years
Formats
Representation types
Update frequencies
status
Service types
Scale
From 1 - 10 / 18
  • Categories  

    O SIPAMCidade é um programa do CENSIPAM que busca integrar as iniciativas desenvolvidas por cada um dos seus Centros Regionais com o objetivo de fornecer às prefeituras municipais da Amazônia Legal um instrumento de apoio ao planejamento municipal. O SIPAMCidade oferece aos planejadores municipais um banco de dados composto por uma base cartográfica digital, com informações temáticas individualizadas por município, e um programa de capacitação, com vista a estimular o uso de geotecnologias e a utilização/manipulação do software TerraView.

  • Representação dos diagnósticos e indicadores dos serviços de água, esgotos e resíduos sólidos dos municípios da região, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento - SNIS.

  • Categories  

    A Malha Viária Digital do Estado de Rondônia, edição de novembro/2009 - Escala 1:20.000 para zona rural e 1:10.000 para zona urbana, representa, atualmente, a informação mais atualizada sobre as vias de acesso do Estado. O projeto foi desenvolvido e executado pelo Sistema de Proteção da Amazônia -SIPAM-CR-PV, iniciado no ano de 2004, compreendendo a execução do levantamento de campo por rastreamento com equipamento GPS Topográfico, com apoio financeiro e logística em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE/UE/RO, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA/SR/17, Secretaria de Estado do Planejamento e Coordenação Geral - SEPLAN/RO e Departamento de Estradas de Rodagem de Rondônia – DER/RO, com participações especiais de algumas prefeituras municipais e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBIO/RO. O levantamento contemplou de forma precisa, o traçado representativo cartográfico e a identificação das estradas Federais, Estaduais e Municipais, com seus trechos pavimentados e não pavimentados, devidamente classificados em separado, contemplando preferencialmente a zona rural dos 52 municípios do Estado de Rondônia. O trabalho compreendeu também o rastreamento pontual/estático da localização geográfica de centenas de pontos e/ou locais de referência, tais como: Estabelecimentos comerciais; Estabelecimentos Industriais; Escolas; Igrejas; Postos de saúde; Povoados; Lugarejos; Pontes e Bueiros sobre os principais rios; Usinas geradoras de energia elétrica; Nome de algumas propriedades rurais, etc., entre outros. Consta também, o levantamento de várias pistas de pouso. A utilização digital das informações levantadas e cartografadas favorecem os trabalhos de georreferenciamento de imagens por satélite e auxiliar futuros trabalhos de correção na representação cartográfica de limites municipais. Os dados levantados compõem a Base Cartográfica digital do Estado de Rondônia e se constitui num importante suporte para o planejamento e execução de ações públicas sociais e de operações de campo, como também serve de base para cálculo de recursos públicos financeiros destinados aos municípios, em razão da quilometragem de estradas existentes em cada um. Favorece o entendimento da realidade econômica do Estado, servindo ainda, de guia rodoviário de precisão. O levantamento teve início no mês de março de 2004 e se estendeu até o mês de outubro de 2009, compreendendo 522 dias de serviço de campo. Obviamente, considerando o intervalo de tempo desde o seu inicio, e a constante abertura de novas estradas e expansão populacional rural em alguns municípios, certamente existirão novos elementos que não estão representados nesta edição. desta forma, para o ano de 2010, pretendemos planejar e executar algumas missões de campo para levantamento de revisão/atualização em alguns municípios, principalmente no tocante às estradas construídas ou pavimentadas recentemente, incluindo o levantamento de vias urbanas de algumas cidades. Apesar de termos levantado algumas vias urbanas em algumas cidades e vilas, não foi o objetivo original deste projeto. Portanto, é importante esclarecer que os trabalhos, preferencialmente, concentraram-se na zona rural dos municípios.

  • Categories  

    Mapa da malha viária do Município de São Miguel do Guaporé - RO, com especificação da quilometragem levantada durante os trabalhos de campo, executado com GPS Topográfico no período de compreendido entre os anos de 2004 e 2009.

  • Categories  

    O PROERG foi criado em 2009 no âmbito do Programa de Prospecção e Exploração de Recursos Minerais da Área Internacional do Atlântico Sul e Equatorial (PROAREA) tendo como propósito identificar e avaliar a potencialidade mineral de áreas com importância econômica e político-estratégicas para o Brasil. O programa é um desdobramento do Plano Setorial para os Recursos do Mar (PSRM) e vem sendo desenvolvido pela Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM) e pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), com a participação de segmentos de órgãos governamentais, instituições de pesquisa e comunidade científica. No âmbito deste programa o SGB-CPRM realizou levantamentos na Elevação do Rio Grande (ERG), os quais indicaram a presença de Crostas Ferromanganesíferas Ricas em Cobalto (CFRC) e também a ocorrência de outros minérios, contendo Níquel, Platina, Manganês, Tálio e Telúrio, de relevante potencial científico e econômico. Em dezembro de 2013, a CPRM submeteu à análise e aprovação da Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos (ISA), tendo seu Plano de Trabalho aprovado em novembro de 2015 para exploração de CFRC’s na forma de Contrato, de uma área de 3.000.000 km ² localizada em áreas, além da jurisdição nacional, no Atlântico Sul. Com o aumento dos estudos na região da Amazônia Azul e em áreas internacionais o estado Brasileiro encaminhou, em 17 de maio de 2004 sua submissão à Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC), visando ao reconhecimento da extensão de sua plataforma continental com o prolongamento natural do seu território terrestre, até o bordo exterior da margem continental, além do limite de 200 MN das linhas de base a partir das quais se mede a largura do mar territorial, conforme previsto no artigo 76 (4) e (6) da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito no Mar ou "United Nations Convention on the Law of the Sea (UNCLOS)". No entanto, novas informações geológicas, geofísicas e geomorfológicas coletadas pelo SGB-CPRM e por outras instituições brasileiras sobre a margem oriental brasileira, proporcionaram ao Estado Brasileiro uma nova submissão da margem oriental revisada junto a CLP C em dezembro de 2018, a qual incluiu toda a região da ERG como extensão da PCJB.

  • Categories  

    Mapa da malha viária do Município de Pimenteiras do Oeste - RO, com especificação da quilometragem levantada durante os trabalhos de campo, executado com GPS Topográfico no período de compreendido entre os anos de 2004 e 2009.

  • Categories  

    Mapa da malha viária do Município de Teixeirópolis - RO, com especificação da quilometragem levantada durante os trabalhos de campo, executado com GPS Topográfico no período de compreendido entre os anos de 2004 e 2009.

  • Categories  

    Mapa da malha viária do Município de Rio Crespo - RO, com especificação da quilometragem levantada durante os trabalhos de campo, executado com GPS Topográfico no período de compreendido entre os anos de 2004 e 2009.

  • Categories  

    Mapa da malha viária do Município de Vale do Paraiso - RO, com especificação da quilometragem levantada durante os trabalhos de campo, executado com GPS Topográfico no período de compreendido entre os anos de 2004 e 2009.

  • Categories  

    Mapa indice de imagens LANDSAT Georreferenciadas, AC, MT e RO - Ano Ref. 2002, 2003, 2004, 2005,2006, 2007 e 2008.