From 1 - 5 / 5
  • Categories  

    "Nota: Mapa elaborado com dados de: Balneabilidade. In: Fundação de Amparo à Tecnologia e ao Meio Ambiente (SC). Fundação do Meio Ambiente - FATMA. Florianópolis, 2010. Disponível em: <http://www.fatma.sc.gov.br/index. php?option=com_content&task=view&id=41&Itemid=175>. Acesso em: dez. 2010; Unidades de conservação. In: IBAMA. Centro de Sensoriamento Remoto. Sistema Compartilhado de Informações Ambientais - SisCom. Disponível em: <http://siscom.ibama.gov.br/shapes/>. Acesso em: dez. 2010; e ALOS: imagem de satélite. Composição 321 em RGB do sensor AVNIR." Fonte: IBGE, Diretoria de Geociências, Coordenação de Geografia.

  • Categories  

    "Nota: Nota: Mapa elaborado com dados de: Relatório de qualidade das praias litorâneas no Estado de São Paulo 2009. São Paulo: Companhia Ambiental do Estado de São Paulo - CETESB, 2009. 161 p. (Relatórios). Disponível em: <http://www.cetesb.sp.gov.br/agua/praias/25-publicacoes-/-relatorios>. Acesso em: dez. 2010; e ALOS: imagem de satélite. Rio de Janeiro: IBGE, [2009?]. Composição 321 em RGB do sensor AVNIR." Fonte: IBGE, Diretoria de Geociências, Coordenação de Geografia.

  • Categories  

    "Nota: Mapa elaborado com dados de: IBGE, Censo Demográfico 2010; Balneabilidade. In: Fundação de Amparo à Tecnologia e ao Meio Ambiente (SC). Fundação do Meio Ambiente - FATMA. Florianópolis, 2010. Disponível em: <http://www.fatma.sc.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=41&Itemid=175>. Acesso em: dez. 2010; e QuickBird S-2A-S. Longmont: DigitalGlobe, 2008. Imagem de satélite. 24 maio 2008." Fonte: IBGE, Diretoria de Geociências, Coordenação de Geografia.

  • Categories  

    "Nota: Nota: Mapa elaborado com dados de: Relatório de qualidade das praias litorâneas no Estado de São Paulo 2009. São Paulo: Companhia Ambiental do Estado de São Paulo - CETESB, 2009. 161 p. (Relatórios). Disponível em: <http://www.cetesb.sp.gov.br/agua/praias/25-publicacoes-/-relatorios>. Acesso em: dez. 2010; e ALOS: imagem de satélite. Rio de Janeiro: IBGE, [2009?]. Composição 321 em RGB do sensor AVNIR." Fonte: IBGE, Diretoria de Geociências, Coordenação de Geografia

  • Categories  

    A CETESB possui 177 pontos de avaliação de balneabilidade no litoral de São Paulo, onde semanalmente, aos finais de semana, são coletadas amostras de água para análise em laboratório. A classificação semanal de uma praia é feita de acordo com as densidades de bactérias fecais na água do mar, resultantes de análises feitas nas amostras de cinco semanas consecutivas. O critério adotado pela CETESB para águas marinhas é baseado na densidade de enterococos. Se essas forem superiores a 100 UFC/100 mL, em duas ou mais amostras de um conjunto de cinco semanas, ou apre¬sentar valor superior a 400 UFC/100 mL na última amostragem fica caracterizada a impropriedade da praia para recreação de contato primário. A utilização dos cinco resultados considera a grande variabilidade dos dados microbiológicos, representando a tendência de qualidade da praia. Sua classificação, como Imprópria, indica, portanto, um comprometimento na qualidade sanitária das águas, implicando em um aumento no risco à saúde do banhista e tornando desaconselhável a sua utilização para o banho. Mesmo apresentando baixas densidades de bactérias fecais, uma praia pode ser classificada na categoria Imprópria quando ocorrerem circunstâncias que desaconselhem a recreação de contato primário, tais como: a presença de óleo provocada por derramamento acidental de petróleo; ocorrência de maré vermelha; floração de algas potencialmente tóxicas ou surtos de doenças de veiculação hídrica.