Keyword

Brazil

390 record(s)
 
Type of resources
Available actions
Topics
Categories
Keywords
Contact for the resource
Provided by
Years
Formats
Representation types
Update frequencies
status
Scale
From 1 - 10 / 390
  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal.

  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal.

  • Categories  

    Esta nota técnica trata sobre os pontos de amostragens de solos do PronaSolos de 2020. Agradecemos aos provedores dos dados de solos utilizados.

  • Categories  

    O mapa de densidade aparente do solo a 5-15 cm do Brasil e seus mapas de incerteza, na resolução espacial (tamanho de pixel) de 90 m, foram produzidos por mapeamento digital de solos a partir de dados legados de solos, covariáveis geoespaciais disponíveis gratuitamente e software livre. Eles foram produzidos como parte integrante do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos do Brasil (PronaSolos) e financiados pelo projeto Embrapa 10.18.03.024.00.00 intitulado "Mapas Nacionais de Atributos do Solo: Contribuição ao PronaSolos, GlobalSoilMap e Aliança Mundial pelo Solo". O relatório técnico anexado ao mapa apresenta a metodologia usada, estatísticas dos dados de entrada e mapa produzido, índices de erro das predições, forma de citação do mapa e aviso sobre o seu uso. Agradecemos aos provedores dos dados de solos, covariáveis geoespaciais e software usados. O mapa de densidade aparente do solo a 5-15 cm do Brasil e seus mapas de incerteza contém erros e pixels com valores faltantes. Pixels contendo solos rasos, afloramentos de rocha, dunas, áreas urbanas e corpos d'água não foram excluídos da análise. Os autores, contribuidores e suas instituições se isentam de qualquer responsabilidade sobre danos e prejuízos advindos do uso direto ou indireto dos mapas. Perguntas e sugestões para melhorar a qualidade dos mapas são bem-vindas. O relatório técnico está disponível no link <http://geoinfo.cnps.embrapa.br/documents/3486>.

  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal.

  • Categories  

    O Índice Tecnológico Municipal Agropecuário é o resultado de uma análise fatorial que descreve as caracterísitcas de modernização agricola dos municípios. Foi elaborado para compor um dos indicadores geoespaciais da priorização de áreas para ações de transferência de tecnologia em ILPF. Foi calculado com base em 24 variáveis obtidas no Censo Agropecuário de 2006 e espacializadas na base municipal do IBGE de 2007. Os resultados estão em SIRGAS 2000 geográfica.

  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal.

  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal

  • Categories  

    Os mapas de densidade aparente do solo do Brasil nas profundidades 0-5, 5-15, 15-30, 30-60, 60-100 e 100-200 cm e seus mapas de incerteza, na resolução espacial (tamanho de pixel) de 90 m, foram produzidos por mapeamento digital de solos a partir de dados legados de solos, covariáveis geoespaciais disponíveis gratuitamente e softwares livres. Eles foram produzidos como parte integrante do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos do Brasil (PronaSolos) e financiados pelo projeto Embrapa 10.18.03.024.00.00 intitulado "Mapas Nacionais de Atributos do Solo: Contribuição ao PronaSolos, GlobalSoilMap e Aliança Mundial pelo Solo". O relatório técnico anexado ao mapa apresenta a metodologia usada, estatísticas dos dados de entrada e mapa produzido, índices de erro das predições, forma de citação do mapa e aviso sobre o seu uso. Agradecemos aos provedores dos dados de solos, covariáveis geoespaciais e softwares usados. Os mapas de densidade aparente do solo do Brasil e seus mapas de incerteza contém erros e pixels com valores faltantes. Pixels contendo solos rasos, afloramentos de rocha, dunas, áreas urbanas e corpos d'água não foram excluídos da análise. Os autores, contribuidores e suas instituições se isentam de qualquer responsabilidade sobre danos e prejuízos advindos do uso direto ou indireto dos mapas. Perguntas e sugestões para melhorar a qualidade dos mapas são bem-vindas.

  • Categories  

    O mapa faz parte do Plano de conservação da Bacia do Alto Paraguai-PCBAP, publicado em 1997, em 3 volumes. As informações temáticas foram obtidas através da integração dos meios físico, biótico e socioeconômico. Resultado do esforço conjunto de instituições governamentais brasileiras (MMA, SEMADES-MS, FEMA-MT, EMBRAPA-CPAP, CNPS, IBGE/GO, UFMS, UFMT e UFRGS-IPH) com a preocupação da manutenção do equilíbrio natural do Pantanal