Keyword

desmatamento

45 record(s)
 
Type of resources
Available actions
Topics
Categories
Keywords
Contact for the resource
Provided by
Years
Formats
Representation types
Update frequencies
status
Scale
From 1 - 10 / 45
  • Categories  

    Dado vetorial contendo os polígonos de incremento de desmatamento em vegetação primária no bioma Cerrado para o período 2010-2013.

  • Categories  

    Dado vetorial contendo os polígonos de incremento de desmatamento em vegetação primária no bioma Cerrado para o período 2008-2010.

  • Categories  

    Carta Imagem da Terra Indígena Pacaas Novos, localizada n o estado de Rondônia, elaborada a partir do desmatamento ocorrido dentro da unidade até 2013 (PROAE), construido na escala de 1:50.000, com base nas Imagens do Satélite LANDSAT 8, Sensor OLI ano 2013. Foram ainda, utilizados dados de desmatamento do PRODES 2012, além da malha viária do estado de Rondônia (dados do SIPAM) e outros dados de desmatamentos do Proae de anos anteriores. conforme descrição detalhadas no (BOX) INFORMAÇÕES DE QUALIDADE DOS DADOS.

  • Categories  

    Carta Imagem da Terra Indígena Kaxarari - RO/AM, referente ao avanço do desmatamento de 2014, elaborada a partir do desmatamento ocorrido dentro da unidade até 2013 (PROAE), construido na escala de 1:50.000, com base nas Imagens do Satélite LANDSAT 8, Sensor OLI ano 2013. Foram ainda, utilizados , outros dados de desmatamentos do Proae de anos anteriores. conforme descrição detalhadas no (BOX) INFORMAÇÕES DE QUALIDADE DOS DADOS.

  • Categories  

    Carta Imagem da Terra Indígena Pacaás Novos - RO, referente ao avanço do desmatamento de 2014, elaborada a partir do desmatamento ocorrido dentro da unidade até 2013 (PROAE), construido na escala de 1:50.000, com base nas Imagens do Satélite LANDSAT 8, Sensor OLI ano 2013. Foram ainda, utilizados , outros dados de desmatamentos do Proae de anos anteriores. conforme descrição detalhadas no (BOX) INFORMAÇÕES DE QUALIDADE DOS DADOS.

  • Categories  

    Carta Imagem do Parque Nacional Serra do Divisor, elaborada a partir do desmatamento ocorrido dentro da unidade até o ano de 2013 (PROAE), construido na escala de 1:50.000, com base nas Imagens do Satélite LANDSAT 8, Sensor OLI, ano 2013. Foram ainda, utilizados dados do desmatamento do PRODES 2012, além dados de desmatamentos do Proae de anos anteriores. conforme descrição detalhadas no (BOX) INFORMAÇÕES DE QUALIDADE DOS DADOS.

  • Categories  

    Área de supressão da vegetação nativa no bioma Cerrado até 2000. O mapeamento utiliza imagens do satélite Landsat ou similares, para registrar e quantificar as áreas desmatadas maiores que 1 hectare. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas. Descrição dos atributos do dado composto por: nome do atributo, tipo do dado e descrição gid - número inteiro - identificador único de cada feição origin_id - número - identificador para rastreabilidade da feição na origem/produção do dado geom - feição composta por um ou mais polígonos - geometria obtida por interpretação visual de imagem de satélite uf - texto - estado/unidade da federação pathrow - texto - código da cena formado por linha/coluna da grade de passagem do satélite Landsat class_name - texto - nome da classe específica atribuída à feição (Ex.: Desmatamento em 2014 = "D_2014") source - texto - usado interno para identificar a origem da feição quanto à fonte original view_date - texto - data da cena usada para obter a feição areamunkm - número - área calculada para a fração de feição, em km², após a interseção com municípios county - texto - Nome do município ao qual a fração de feição é associada, após a interseção com municípios time - data - usado para permitir a publicação do dado no GeoServer com dimensão temporal

  • Categories  

    Área desmatada à partir de 2000 discretizadas em uma séria histórica bienal para o período de 2000 a 2012 e anual para os anos de 2013 a 2020. O mapeamento utiliza imagens do satélite Landsat ou similares, para registrar e quantificar as áreas desmatadas maiores que 1 hectare. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas. Descrição dos atributos do dado composto por: nome do atributo, tipo do dado e descrição id - número inteiro - identificador único de cada feição origin_id - texto - identificador que permite rastrear a feição na origem (banco de produção) geom - feição composta por um ou mais polígonos - geometria obtida por interpretação visual de imagem de satélite source - texto - nome da origem do polígono (amazônia, cerrado, caatinga, mata_atlantica, pampa, pantanal), apenas em casos onde o polígono tenha sido incorporado de outro projeto/bioma path_row - texto - código da cena formado por linha/coluna da grade de passagem do satélite Landsat satellite - texto - nome do satélite. Em geral será o landsat mas em alguns casos, outro satélites podem ser utilizados sensor - texto - nome do sensor que obteve a imagem state - texto - nome do estado, unidade da federação, quando aplicável main_class - texto - nome da classe principal atribuída à feição class_name - texto - nome da classe específica atribuída à feição (Ex.: Desmatamento em 2020 = "d2020") def_cloud - número - indica se havia nuvem em ano anterior sobre a feição (quando aplicável) julian_day - número - dia juliano (quando aplicável) image_date - texto - data da cena usada para obter a feição year - número - ano do desmatamento, usado para facilitar as consultas ao banco de dados area_km - número - área calculada para a feição em km² scene_id - número - identificador da cena no banco de dados, usado para consultas (quando aplicável) publish_year - data - usado para permitir a publicação do dado no GeoServer com dimensão temporal

  • Categories  

    Mosaico do bioma Caatinga para o ano de 2016. O mosaico utiliza imagens do satélite Landsat ou similares para minimizar o problema de cobertura de nuvens, registrar e quantificar as áreas desmatadas acima de 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas.

  • Categories  

    Mosaico do Pampa para o ano de 2016. O mosaico utiliza imagens do satélite Landsat ou similares para minimizar o problema de cobertura de nuvens, registrar e quantificar as áreas desmatadas acima de 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas.